Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Fibromialgia - O que é, sintomas, causas, tratamento

O que é fibromialgia

A fibromialgia é uma síndrome crônica caracterizada pelo alastramento de dor, sensibilidade difusa, e vários outros sintomas. A palavra fibromialgia vem do termo latim para tecido fibroso (fibro) e dos termos gregos para músculo (mio) e dor (algia).

Embora a fibromialgia seja freqüentemente considerada uma condição relacionada à artrite, é não é uma forma verdadeira de artrite porque não causa inflamação ou danos às articulações, músculos ou outros tecidos. Porém, assim com a artrite, fibromialgia pode ocasionar dor e fadiga significativas, e interferir com a capacidade da pessoa desempenhar atividades cotidianas. Assim como a atrite, também a fibromialgia é considerada uma condição reumática que prejudica as articulações e/ou tecidos moles e causa dor crônica.

Sintomas da fibromialgia

Adicionalmente à dor e fadiga, pessoas com fibromialgia podem experimentar uma variedade de outros sintomas, incluindo:
* Problemas cognitivos e de memória.
* Perturbações do sono.
* Rigidez pela manhã.
* Síndrome do intestino irritável.
* Menstruação dolorosa.
* Falta de sensibilidade ou formigamento nas extremidades do corpo.
* Síndrome das pernas inquietas.
* Sensibilidade à temperatura.
* Sensibilidade a barulhos ou luzes brilhantes.

A fibromialgia é uma síndrome e não uma doença. Síndrome é uma coleção de sinais, sintomas e problemas médicos que tendem a ocorrer em conjunto, mas não estão relacionados a uma causa específica identificável. Uma doença, por outro lado, tem uma ou mais causas específicas e sinais e sintomas reconhecíveis.

Uma pessoa pode ter duas ou mais dores crônicas coexistindo. Essas condições podem incluir síndrome da fadiga crônica, endometriose, fibromialgia, doença inflamatória do intestino, cistite intersticial, disfunção da articulação temporomandibular, e vulvodinia. Não se sabe se essas desordens compartilham uma causa comum.

Causas da fibromialgia

As causas da fibromialgia são desconhecidas, mas provavelmente há vários fatores envolvidos. Muitas pessoas associam o desenvolvimento da fibromialgia com eventos traumáticos ou estressantes fisicamente ou emocionalmente, como acidente de carro. Para outros, a fibromialgia parece ocorrer espontaneamente.

Muitos pesquisadores estão examinando outras causas, incluindo problemas com a maneira pela qual o sistema nervoso central processa a dor.

Alguns cientistas especulam que os genes podem regular a maneira pela qual o corpo da pessoa processa o estimulo. De acordo com essa teoria, pessoas com fibromialgia podem ter genes que a fazem reagir fortemente ao estímulo que a maioria não perceberia como dor.

Tratamento da fibromialgia

A fibromialgia pode ser de difícil tratamento. Nem todos os médicos são familiarizados com a fibromialgia e seu tratamento, então é importante encontrar um médico que seja. Muitos reumatologistas podem tratar a fibromialgia.

O tratamento da fibromialgia freqüentemente requer trabalho de equipe com o médico, fisioterapeuta, possivelmente outro profissional da saúde, e mais importante com o paciente desempenhando papel ativo no tratamento.

Somente três medicamentos são aprovados pelo FDA (órgão norte-americano que regula medicamentos) para o tratamento da fibromialgia: duloxetina, milnaciprano, e pregabalina. Duloxetina foi originalmente desenvolvida, e ainda é usada, para tratamento da depressão. Milnaciprano é similar ao medicamento usado para tratar depressão, mas é aprovado pelo FDA somente para tratamento da fibromialgia. Pregabalina é um medicamento desenvolvido para tratar dor neuropática (dor crônica causada por dano a sistema nervoso). Além desses medicamentos, analgésicos também podem ser prescrevidos para pacientes com fibromialgia.

Outros medicamentos podem ser usados dependendo dos sintomas específicos do paciente e condições relacionadas à fibromialgia. Por exemplo, para pessoas com síndrome do intestino irritável o médico pode sugerir suplementos de fibras ou laxantes para aliviar a constipação, ou medicamentos para diarréia. Medicamentos antiespasmódicos podem ser úteis para aliviar espasmos intestinais e reduzir a dor abdominal. Outros medicamentos para sintomas específicos incluem remédios para dormir, relaxantes musculares, e remédios para dor de cabeça.

Pessoas com fibromialgia também podem se beneficiar de uma combinação de fisioterapia, terapia ocupacional e do equilíbrio apropriado entre descanso e atividade.

Fibromialgia pode melhorar com o tempo?

Fibromialgia é uma condição crônica, o que significa que ela dura muito tempo, possivelmente por toda a vida. Porém, pode ser confortante saber que ela não é uma doença progressiva. Ela não é fatal, e não causa danos às articulações, músculos, ou órgãos internos. Em muitas pessoas, a fibromialgia não melhora com o tempo.

O que a pessoa com fibromialgia pode fazer para sentir-se melhor

Além de tomar os medicamentos prescrevidos pelo médico, há muitas coisas que a pessoa pode fazer para minimizar o impacto da fibromialgia em sua vida. Isso inclui:

Ter sono suficiente.
Dormir o suficiente, e ter o tipo correto de sono, pode ajudar a melhorar a dor e fadiga da fibromialgia. Ainda assim, muitas pessoas com fibromialgia têm problemas como dor, síndrome das pernas inquietas, ou irregularidades nas ondas cerebrais que atrapalham o sono. É importante que o paciente discuta com seu médico seus problemas para dormir, de modo que ele possa recomendar tratamentos para resolvê-los.

Praticar atividade física.
Embora dor e fadiga possam dificultar exercícios físicos e atividades cotidianas, é crucial ser o mais ativo fisicamente possível. Pesquisas têm repetidamente mostrado que exercício físico regular é um dos tratamentos mais eficientes para fibromialgia. Pessoas que sofrem muita dor ou fadiga para praticar exercício físico rigoroso podem começar com caminhada ou outro exercício leve, e então aumentar sua resistência e intensidade lentamente.

Fazer mudanças no trabalho.
A maioria das pessoas com fibromialgia continuam a trabalhar, mas devem fazer grandes mudanças. Por exemplo, algumas pessoas diminuem a quantidade de horas trabalhadas, trocam para funções menos extenuantes, ou adaptam o trabalha que já realizavam. Se a pessoa com fibromialgia encontrar obstáculos, como cadeira desconfortável, seu patrão pode adaptar o ambiente de trabalho.

Boa alimentação
Embora algumas pessoas com fibromialgia digam que sentem-se melhores quando comem ou evitam certos alimentos, até agora nenhuma dieta específica comprovadamente influencia a fibromialgia. Porém, é claro que é importante ter uma alimentação saudável e balanceada. Uma nutrição apropriada não somente dará mais energia, mas também fará a pessoa sentir-se melhor e evitar outros problemas de saúde.

Créditos:
Tradução: © 2012, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Institute of Arthritis and Musculoskeletal and Skin Diseases



Patologias

Item Doença de Paget do osso

Item Doença de Paget dos ossos - Sintomas, complicações e tratamento

Item Doença de Parkinson e Parkinsonismo Juvenil

Item Causas da doença de Parkinson

Item Doença de Parkinson - Sintomas e diagnóstico

Item O que é osteoporose

Item Fatores de risco para osteoporose

Item Sintomas e tratamento da osteoporose

Item Câncer de próstata - O que é, fatores de risco, sintomas, exame PSA

Item Tratamentos para Câncer de Próstata

Item Fumo passivo e efeitos à saúde em adultos e crianças

Item Transtornos do sono - Insônia, narcolepsia , apnéia do sono e síndrome das pernas inquietas

Item Depressão - Tipos e Causas

Item Sintomas de Depressão

Item Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) - O que é, causas, sintomas, tratamento

Item Câncer colorretal - O que é, fatores de risco

Item Artrite reumatóide - O que é, causas, sintomas, tratamento, cirurgia

Item Artrose ou osteoartrite - O que é, causas, sintomas

Item Tratamento da artrose

Item Doença de Alzheimer - O que é, perda de memória e demência

Item Doença de Alzheimer - Causas e fatores de risco

Item Doença de Alzheimer - Sintomas e diagnóstico

Item Doença de Alzheimer - Tratamento

Item Hemorróidas - O que são, sintomas, causas, tratamento

Item Fibromialgia - O que é, sintomas, causas, tratamento

Item Linfoma não-Hodgkin - O que é, Causas

Item Conjuntivite viral, bacteriana e alérgica - Causas

Item Conjuntivite - O que é, sintomas, tratamento

Item Enxaqueca - Sintomas, tratamento, causa

Item Citomegalovírus - Diagnóstico, testes, na gravidez

Item Perda auditiva - Sintomas e diagnóstico

Item Sinusite - O que é, causa, tratamento, remédios

Item Caxumba - Sintomas, tratamento, transmissão

Item Insônia - Tratamento e diagnóstico

Item Insônia - O que é, causas, primária e secundária

Item Insuficiência respiratória aguda e crônica - Sintomas, tratamento

Item Doença de Crohn ou enterite regional - Diagnóstico, dieta e gravidez

Item Otite externa

Item Tratamento da leucemia

Item Diagnóstico da leucemia

Item Leucemia aguda e crônica

Item Apendicite

Item Esclerose múltipla - Tratamentos

Item Sinusite aguda e crônica - O que é, sintomas e tratamento

Item Apnéia obstrutiva do sono

Item Anemia vira leucemia?

Item Dislexia

Item Retinoblastoma

Item Artrose no ombro - Tratamento com Prótese Reversa

Item Virose

Item Câncer de ovário

Item Boca seca - Xerostomia

Item Doença do Refluxo Gastroesofágico - Azia e queimação

Item Asma

Item Anemia

Item Ovários Policísticos

Item Displasia Mamária

Item Pés de diabéticos e prevenção de lesões

Item Osteoporose

Item Insônia e Depressão

Item Evolução da leucemia

Item Hepatite A

Item Tireóide x Humor - hipertiroidismo e hipotiroidismo

Item Bumbum Sarado - Síndrome do Piriforme

Item Gastrite e Úlcera

Item Diabetes tipo 1 e 2

Item Insuficiência Renal Crônica

Item Cálculos de vesícula

Item Dermatite de Contato

Item Mal de Alzheimer

Item Problemas e doença no Quadril

Item Doença de Chagas e Transmissão Oral

Item Prevenção do Câncer com Estilo de Vida Saudável


Saúde Esportiva - © 2007-2017 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato