Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza



Recomende:


Problemas na coluna

Cultivar hábitos simples no dia a dia como praticar exercícios físicos sob orientação profissional; evitar permanecer muito tempo sentado; manter uma postura adequada, principalmente ao sentar; evitar pegar peso; e, para as mulheres, o não uso do salto alto de forma prolongada podem reduzir o índice de pessoas com problemas de coluna.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% da população sofre, ou vai sofrer, de lombalgia, uma dor que surge na parte mais baixa da coluna e que é geralmente causada pela sobrecarga de peso. Em 90% desses casos, o problema pode ser melhorado com fisioterapia aliada a mudanças de hábitos, mas nos outros 10%, os pacientes deverão passar por procedimentos cirúrgicos ou procedimentos não invasivos, que podem curar e melhorar muito a qualidade de vida.

Segundo o doutor em neurocirurgia, Marcos Pondé, do quadro clínico do Itaigara Memorial Hospital Dia, há três anos novas técnicas vêm sendo aplicadas para o tratamento da dor na coluna. Algumas chegam a evitar a evolução de problemas mais graves, a exemplo de uma hérnia de disco, e até são realizadas em pessoas que não podem passar por uma cirurgia mais complicada, no caso de cardiopatas. "Por serem mais simples, esses procedimentos já podem ser feitos em Hospitais Dia, assim como já realizamos no Itaigara Memorial. Os resultados são surpreendentes. Os pacientes vão para casa no mesmo dia e em uma semana estão bem e podem voltar às atividades normais", comemora Marcos Pondé.

O médico explica que as técnicas têm resultados semelhantes a médio prazo e geralmente são aplicadas em situações intermediárias, como discopatia, que são afecções do disco intervertebral, ainda sem hérnia; síndrome facetária, que é processo inflamatório das articulações intervertebrais; e em fraturas de vértebras, causadas pela osteoporose ou metástase óssea. "Trabalhamos com duas técnicas, a Nucleotomia e a Nucleoplasia percutânea. Na primeira inserimos uma cânula no disco intravertebral - que são tecidos cartilagenosos que amortecem o impacto entre as vértebras - e aspiramos a área lesada deixando a parte boa. Ocorrendo assim a cura. Na Nucleoplasia, introduzimos um fio no espaço discal e este fio é ligado a um aparelho de rádio freqüência que derrete a área lesionada do disco", ilustra o neurologista.

Causas dos problemas na coluna

Marcos Pondé, que também é professor da Faculdade de Medicina da UFBA, lembra algumas causas para os problemas na coluna, estrutura do organismo que é composta de discos, ossos, músculo e ligamentos. "Uma pessoa ao ficar em pé coloca todo o seu peso sobre a coluna, e esse problema se agrava quando a pessoa senta, pois, ao relaxar, o peso fica todo concentrado na estrutura óssea. O peso pode levar ao desgaste dos discos intravertebrais, sofrendo, dessa forma, pessoas que se mantém por muito tempo sentadas, a exemplo de profissionais como motoristas, costureiras, ou quem trabalha em escritório e fica muito tempo em frente ao computador", alerta Pondé.

O especialista explica que os problemas de coluna podem ser também causados por fatores hereditários, quando a pessoa tem pré-disposição, ou com o uso exagerado do salto alto. "O uso prolongado deste tipo de sapato é ruim, pois muda o eixo da coluna. Isso porque o corpo é impulsionado para a frente. Nesse caso podem acontecer a degeneração dos discos vertebrais e hipertrofia dos ligamentos", lembra. De acordo com Pondé, a maioria desses casos podem ser melhorados ou curados com os procedimentos não invasivos, mesmo os casos degenerativos, onde os tratamentos podem acabar com a dor. Ele apenas recomenda que todo paciente só pode operar quando há um quadro clínico, radiológico e psicológico equilibrados. "Sem esse equilíbrio não temos como resolver o problema", finaliza.

Créditos:
Data da inclusão: 11/09/2007
Empresa: AGÊNCIA DE TEXTOS E NOTÍCIAS
Fone: (71) 3271-7171
E-mail: marcele@agenciadetextos.com.br
Contato: Marcele Facchinetti


Leitura adicional:
Saúde da coluna vertebral - problemas e como proteger
Dor na coluna - causas, tratamento
Hérnia de disco - Dores nas costas
Lombalgia



Seções
Alimentos
Cabelos
Cardiologia
Dentes brancos e saudáveis
Dietas
Estética
Exercícios físicos
Mulher
Nutrição
Nutrição Esportiva
Notícias sobre saúde
Obesidade e Emagrecimento
Patologias
Patologias e alimentação
Pele saudável
Receitas de culinária light
Saúde Geral
Sexo e saúde

Saúde
Item Ansiedade - Tipos
Item Transtornos de ansiedade - Sintomas
Item Tratamento de transtornos de ansiedade - Medicamentos e psicoterapia
Item Dependência Química - Perigos e Tratamento
Item Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade em crianças
Item Dores na coluna - Raquialgia
Item Problemas na coluna
Item Saúde do homem
Item Tratamento da coluna - hérnia de disco, artrose
Item Fisioterapia Íntima
Item Laser na Medicina - Oftalmologia, urologia, cálculos no rim
Item Endoscopia - Cápsula revoluciona o exame do esôfago
Item Qi Gong - terapia corporal
Item Urologia - Vasectomia, câncer de próstata, pedra rins, infertilidade
Item Dor nas costas
Item Meditação contra Vícios e Ansiedade
Item Hidroginástica para a Coluna
Item Geriatria Preventiva
Item Hidratação - Hidratar é preciso! Mas quanto?
Item Reforce seu Sistema Imune
Item Cuidados para os pés
Item Vigorexia
Item Depressão
Item Longevidade Saudável
Item Alergia - Estilo de Vida e Doenças Alérgicas
Item Beber Água - Chá verde e Água de Coco
Item Crianças à beira de um ataque de nervos
Item Tensão Pré-Vestibular
Item Sono Tranquilo
Item Olhos vermelhos, olhos seco, toxoplasmose
Item Estresse e Memória
Item Fitoterapia e plantas medicinais
Item Horário de Verão
Item Shiatsu e seus Benefícios
Item Cromoterapia
Item Dicas de Verão
Item Stress e saúde
Item Aromaterapia - Repelente Natural
Item Álcool - enxaqueca, mal-estar, pancreatite, náusea, vômitos
Item Cuidados com as Lentes de Contato
Item Remédios - riscos da automedicação
Item Aquecedores - Uso e cuidados com a saúde




Saúde Esportiva - © 2007-2012 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato