Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Fratura no pênis

Você talvez nunca tenha ouvido falar sobre “fratura” no pênis, ou, em alguns casos, ouviu mas achou que era lenda. Afinal, se o órgão sexual masculino não tem estrutura óssea, como isso poderia ocorrer? A “fratura” no pênis é rara, mas realmente pode acontecer.

Para que o entendimento fique mais fácil, é bom lembrar que o pênis é formado por três estuturas de forma cilíndrica. São dois corpos cavernosos que ficam na parte posterior do órgão sexual e são voltados para o abdôme e um corpo esponjoso, em posição oposta aos corpos cavernosos. Os corpos cavernosos são revestidos por um tecido semi-elástico chamado túnica albugínea.

A fratura do pênis ocorre quando o membro está em estado de ereção, geralmente durante o ato sexual mais intenso. Na maioria dos casos o acidente acontece quando a mulher está por cima do homem e o pênis sai do interior da vagina batendo contra o períneo ou contra a região osséa púbica. O pênis entorta até a pressão da câmara, isto é, os tecidos dos corpos cavernosos explodirem como se fossem uma bexiga. Neste momento, geralmente ouve-se um pequeno estalo, há perda imediata da ereção. A dor é intensa. Verifica-se um hematoma e até deformidade do pênis.

Quando isto ocorre é preciso procurar imediatamente atendimento médico. Depois da primeira avaliação, o médico pode recomendar exames como ressonância magnética ou uma ultrasonografia para verificar a extensão da ruptura e se houve lesão na uretra. Dependendo da gravidade, é necessário uma intervenção cirúrgica. É importante que esta avaliação seja feita nas primeiras quarenta e oito horas após o acidente.

Ocorre que muitos homens têm medo ou vergonha de procurar um médico e isso pode trazer sérios transtornos para a continuidade da vida sexual da pessoa.

Sem tratamento imediato pode haver a formação de uma cicatriz interna, que poderá provocar uma curvatura no penis e, em alguns casos mais grave, até disfunção erétil.

Depois do tratamento feito, o paciente pode retornar à atividade sexual dentro de aproximadamente 30 dias.

Créditos:
Márcio Dantas de Menezes: médico, palestrante e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Sexual
sexo_comportamento@hotmail.com
entrevistas com o Dr Márcio Dantas (43) 33389626 ou (43) 3336-8050
Fonte: Mais Comunicação
Jornalista Responsável: Cláudio Osti
Tel: ( 43 ) 33389626


Leitura adicional:
Alongamento peniano - Tamanho do pênis - Cirurgias para aumento
Câncer de pênis
Prótese Peniana - Implante, suas vantagens e desvantagens



Sexo e saúde

Item Herpes genital - Como prevenir

Item Herpes Genital - O que é, transmissão, sintomas, tratamento, cura

Item Sífilis secundária e primária - Sintomas, transmissão, tratamento

Item Gonorréia

Item Barriga e impotência sexual

Item DST - Doenças sexualmente transmissíveis

Item Fratura no pênis

Item Levitra ® tem mais rápido inicio de ação

Item Doença de peyronie - Curvatura exagerada do pênis

Item Tratamentos para disfunção erétil - Injeções, próteses penianas

Item HPV

Item HIV e AIDS - Educação sexual e prevenção

Item Beijo na boca e risco de doenças - Herpes labial

Item Camisinha contra DSTs e AIDS

Item Disfunção Erétil e Arteriosclerose

Item Educação sexual e sexualidade da mulher

Item Sexo e dor de cabeça

Item Viagra X Adolescência

Item Vida Sexual depois dos 50

Item Voz bonita e Vida Sexual

Item Viagra - Entre o Coração e a Ereção

Item Candidíase vaginal


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato